Saturday, September 25, 2010

Raghu Rajan gostaria que o Fed estivesse apertando a política monetária

No encontro da Economic History Association em Evanston, Ill., Raghuram Rajan deu a palestra principal no primeiro dia de sessoes, divulgando seu novo livro, Fault Lines.

Mas ele me tirou do sério com o comentário que Ben Bernanke deveria estar aumentando os juros e só não o faz porque sob pressão dos políticos, tão preocupados com o desemprego! Sério, ele falou isso mesmo. Ele realmente acha que frente a uma palpável probabilidade de deflação e desemprego perto dos 10 por cento, o Fed deveria apertar a política monetária!

Sua solução para o problema do desemprego: mais educação. Certamente uma solução razoável para todos os desempregados de 50 anos ou mais...

4 comments:

  1. E a razão pela qual o Fed deveria estar aumentando os juros seria para evitar a formação de uma bolha nos ativos financeiros? Algo nessa linha?

    Li um comentário dele citando alguns papers majoritariamente empíricos sobre o risk-taking channel da política monetária, como suporte a idéia de que os juros deveriam ser aumentados. Mas eu não consigo ver como ele consegue ver alguma bolha em formação, e mesmo se houver, que seria uma melhor estratégia aumentar os juros e arrastar o desemprego nos patamares atuais por muito mais tempo...


    Abs,
    Rodrigo

    ReplyDelete
  2. Eu tive a oportunidade de conversar por uns bons 15 minutos com um dos maiores especialistas sobre Grande Depressão logo após o discurso do Rajan e ele estava tão apopléxico quanto eu.

    ReplyDelete
  3. Grande Irineu,

    A deflacao americana me parece muito mais uma deflacao gerada pela queda do preco dos imoveis do que uma queda generalizada de precos. Acredito que o peso do item habitacao no cpi americano eh que esteja gerando essa distorcao.

    O que voce acha?

    Grande abraco, parabens pelo blog.

    Adolfo

    ReplyDelete
  4. O componente de habitação do CPI americano (variável CPIHOSSL no FRED) tem de fato sido deflacionário, mas a uma taxa estável. Em dezembro de 2009, a inflação acumulada em 12 meses era de –0.27%, enquanto em agosto de 2010 foi de –0.24%.

    Por outro lado, o headline do CPI (variável CPIAUCSL no FRED), isto é, o índice incorporando todos as categorias de bens e serviços cobertas pelo índice, acusava inflação de 2.78% em dezembro de 2009 e 1.20% em agosto de 2010.

    Sim, existem pressões deflacionárias e o FED faz bem em manter a política monetária frouxa.

    ReplyDelete